+351 262 841 392
 [email protected]

Category Archives: Sem categoria

Doze exposições abordaram o tema “O Tempo e o Medo”

O tema deste ano do FOLIO – Festival Literário de Óbidos, “O Tempo e o Medo”, norteou as doze exposições que fizeram parte da programação e que estiveram patentes em vários espaços da vila. O Museu Municipal de Óbidos recebeu a exposição “O Medo dos Medos no Tempo”, onde as obras clássicas do acervo do Museu Municipal estabeleceram uma abordagem dialogante com outros artistas contemporâneos (Catarina Leitão, Cristina Ataíde, Ivo Andrade, José Aurélio, Marta Soares, Rafaela Ferreira, Samuel Rama e Ler...

Ministro do ambiente lança concurso para a segunda fase das dragagens

O lançamento do concurso para a dragagem da zona superior da Lagoa de Óbidos foi lançado nesta terça-feira, dia 5 de fevereiro, pelo ministro do Ambiente, Matos Fernandes, no Inatel da Foz do Arelho. “Totaliza dezasseis milhões de euros para fazer a dragagem da zona interior da parte nascente da Lagoa de Óbidos”, disse o governante, acrescentando que a obra é fundamental porque a lagoa está muito “assoreada” e os “875 mil metros cúbicos de areia que vão ser Ler...

Ricardo Roque mostra presépio animado nas Gaeiras

É já a nona vez que Ricardo Roque dá a conhecer um presépio animado da sua autoria, exposto na vila de Gaeiras. A obra, com cerca de 20 metros quadrados, pode ser visitada na Rua de Santo António, nº15, até dia 6 de janeiro. O presépio conta com cerca de 500 figuras, muitas delas animadas, que estão expostas numa estrutura de madeira coberta de musgo natural. Inclui ainda algumas peças iluminadas, moinhos, a casa do ferreiro e da padeira. O Ler...

Cátedra Unesco contribuirá para “uma maior centralidade” na ESAD.CR e na região

A Escola Superior de Artes e Design (ESAD.CR), que obteve a sua primeira Cátedra Unesco, dedicada à área da Gestão das Artes e da Cultura, Cidades e Criatividade, passando assim a integrar uma rede internacional inter-universitária, teve a sua sessão inaugural no passado dia 5, no auditório da escola. Esta nova Cátedra desenvolverá investigação e formação em gestão e políticas urbanas das artes e da cultura, em articulação com diversas organizações portuguesas e estrangeiras, com destaque para municípios da Ler...

O álcool não aquece, o chocolate não faz borbulhas e pode acordar um sonâmbulo. Cem mitos desmontados num livro

Acorde o sonâmbulo ou rape os pelos sem problema. Estas e outras ideias explicadas no livro “Cem mitos sem lógica” em que continuamos a acreditar. O Observador dá-lhe a conhecer dez deles. Os dias frios que se têm feito sentir convidam a bebidas que ajudem a aquecer. Nota importante: as bebidas alcoólicas não fazem parte deste lote. A sensação pode ser de calor, mas o efeito no organismo é exatamente o oposto, podendo levar as pessoas a sofrer de hipotermia. Se optar pelo Ler...

Um negócio de sucesso, a união familiar e a inovação a partir das Caldas da Rainha para o Mundo

Ler...

Centro de Interpretação para a Lagoa de Óbidos vence Orçamento Participativo

A proposta de criação de um Centro de Interpretação para a Lagoa de Óbidos foi um dos projetos vencedores no âmbito do primeiro Orçamento Participativo de âmbito nacional, com verbas do Orçamento de Estado. A ideia foi apresentada por Ana Costa Leal, presidente do Conselho da Cidade, e o projeto está orçado em 104 mil euros. O anúncio foi feito na semana passada, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, tendo subido ao palco para receber a placa de projeto vencedor Ler...

Praça Pública – Por que vai tão pouca gente ao Mercado do Peixe das Caldas da Rainha?

Dantes abastecia-me no Mercado de Peixe para a minha casa – para mim e para o meu marido – e ainda mandava para a minha filha que na altura morava em Lisboa. Agora passei a adquirir o peixe nos supermercados, apesar de passar lá perto várias vezes… até porque costumo fazer compras nas lojas do comércio tradicional. Flora Ribeiro, reformada   Fonte: http://gazetacaldas.com/sociedade/praca-publica-vai-tao-pouca-gente-ao-mercado-do-peixe-das-caldas-da-rainha/ Ler...

Open Call – Concurso de Ilustração

Ler...

Livros distribuídos de bicicleta

A Associação de Jovens Voluntários de Gaeiras quer desafiar todas as pessoas a ler um livro por mês, que será levado de bicicleta até à porta dos habitantes desta vila. Os livros serão selecionados segundo as preferências de cada um. Será ainda entregue um envelope que conterá um “documento único” – onde o leitor poderá escrever os seus pensamentos e notas sobre o que leu – e que acompanhará sempre o livro nas casas por onde passar. Este é um serviço Ler...