+351 262 841 392
 [email protected]

Noticia

Populistas da AfD ultrapassam CDU de Merkel em eleições regionais

Os sociais-democratas do SPD ficaram em primeiro lugar e devem renovar a coligação com a CDU.

Precisamente um ano depois de Angela Merkel ter aberto as portas aos refugiados e um ano antes das eleições a nível nacional, a CDU, o partido da chanceler, foi ultrapassado pelos populistas da Alternativa para a Alemanha (Afd) e ficou em terceiro lugar nas autárquicas hoje disputadas em Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental. Este é o estado onde Merkel joga em casa, aquele pelo qual é eleita deputada desde 1990.

“É uma derrota com um enorme simbolismo. Por agora, Merkel, a participar na cimeira do G20 que decorre na China, observa tudo a uma distância segura. Mas, quando regressar, vai encontrar um ambiente difícil, com os críticos dentro do próprio partido a exigir que a CDU se desloque mais para a direita”, explica ao DN Thorsten Benner, politólogo e diretor do Instituto de Políticas Públicas Globais, com sede em Berlim.

As eleições foram ganhas pelos sociais-democratas do SPD, partido situado no centro-esquerda do espectro político, com 30% (menos cinco pontos do que em 2011). A Afd, que concorreu pela primeira vez em Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, obteve perto de 22% dos votos e relegou a CDU (União Democrata Cristã) para terceiro lugar, com cerca de 20% (menos três pontos do que nas eleições anteriores).

Ainda assim, o mais provável é que o SPD volte a coligar-se com a CDU e continuem à frente dos destinos do estado, algo que acontece desde 2006. As duas forças políticas juntas deverão somar 40 dos 71 lugares da assembleia.

“Este resultado é uma chapada na cara de Merkel. Os eleitores disseram claramente que estão contra as desastrosas políticas de imigração que tem vindo a seguir”, afirmou Frauke Petry, um dos principais dirigentes da AfD, assim que foram conhecidas as primeiras projeções.

Curiosamente, segundo revela o The Guardian, o Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental é o terceiro estado alemão que menos refugiados recebeu. Em 2015 foram registados 23 mil pedidos de asilo, cerca de um quarto dos alocados aos estado de Hesse, que tem sensivelmente a mesma dimensão. Com 1,6 milhões de habitantes, apenas cerca de 3,7% da população do Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental não é de ascendência germânica.

 

Fonte: http://www.dn.pt/mundo/interior/partido-populista-anti-imigracao-ultrapassa-o-de-merkel-em-regionais-alemas-5372136.html

Noticias Relacionadas

Alcobaça e Caldas da Rainha promovem “Bom dia Cerâmica!”

Com oficinas, palestras e exposições, entre iniciativas presenciais e online A iniciativa europeia Bom dia Cerâmica! vai

Doze exposições abordaram o tema “O Tempo e o Medo”

O tema deste ano do FOLIO – Festival Literário de Óbidos, “O Tempo e

Ministro do ambiente lança concurso para a segunda fase das dragagens

O lançamento do concurso para a dragagem da zona superior da Lagoa de Óbidos

Ricardo Roque mostra presépio animado nas Gaeiras

É já a nona vez que Ricardo Roque dá a conhecer um presépio animado

Cátedra Unesco contribuirá para “uma maior centralidade” na ESAD.CR e na região

A Escola Superior de Artes e Design (ESAD.CR), que obteve a sua primeira Cátedra

O álcool não aquece, o chocolate não faz borbulhas e pode acordar um sonâmbulo. Cem mitos desmontados num livro

Acorde o sonâmbulo ou rape os pelos sem problema. Estas e outras ideias explicadas

Centro de Interpretação para a Lagoa de Óbidos vence Orçamento Participativo

A proposta de criação de um Centro de Interpretação para a Lagoa de Óbidos

Praça Pública – Por que vai tão pouca gente ao Mercado do Peixe das Caldas da Rainha?

Dantes abastecia-me no Mercado de Peixe para a minha casa – para mim e

Campanha ajuda a vestir crianças africanas

O Centro da Juventude das Caldas da Rainha juntou-se à Pontos e Nós e

Edite Norte organizou sessão fotográfica na árvore de Natal…

A árvore de Natal gigante com 41 metros foi o cenário escolhido pela estilista

Bob Dylan diz que vai à cerimónia do Nobel “se puder”

Ao jornal inglês The Telegraph, o cantor falou pela primeira vez sobre o Nobel

Propostas do Orçamento Participativo nas Caldas da Rainha em votação

Dezasseis propostas ao Orçamento Participativo (OP) 2017 nas Caldas da Rainha vão a votos

Desfile de pasteleiras pela cidade

Cerca de 150 pasteleiras (bicicletas antigas) realizaram um passeio entre o Campo e as

Escócia – Cerca de 3 mil pessoas manifestam-se por referendo sobre independência do país

Cerca de 3 mil pessoas manifestaram-se hoje em Glasgow para exigir um novo referendo

Quinze ex-combatentes no Ultramar receberam medalhas

Quinze ex-militares que estiveram na guerra no Ultramar receberam condecorações no passado dia 5,

Amêijoa da Lagoa, cebola do Sobral e ginja de Óbidos nos “Sabores do Oeste”

Os produtos endógenos de Óbidos originaram o menu da sétima sessão do projeto “Sabores

Dez obras de arte pública formam a rota Ferreira da Silva

Foi inaugurada na terça-feira, 5 de Abril, a Rota Ferreira da Silva no novo

Festival Ofélia traz teatro e conversas de bastidores às Caldas

  Fonte: http://www.gazetacaldas.com/57618/festival-ofelia-traz-teatro-e-conversas-de-bastidores-as-caldas/

Suspeito detido em Paris já tinha sido condenado

Homem identificado como Reda K. foi condenado em Bruxelas. O suspeito de planear um ataque

Mau Tempo: 15 distritos sob aviso amarelo

Tem planos para o fim de semana? Então talvez seja melhor reagendá-los para outro

Desenho de falo das Caldas motiva queixa à PSP

Quando se fala sobre a cidade de Caldas da Rainha, é comum lembrar os

Câmara vai colocar parquímetros na cidade

A Câmara das Caldas está a ultimar os pormenores para lançar o concurso para